Home COLUNAS O que é Feng Shui

    O que é Feng Shui

    Cubos coloridos com as letras da palavra FENG SHUI
    O que é FENG SHUI?

    Muita gente já ouviu falar em Feng Shui, algo próximo de uma “harmonização de ambientes”, mas no geral as pessoas não compreendem o que é. Sua difícil compreensão se dá primeiro por ser uma prática oriental chinesa e por isso difícil de ser assimilada pela mentalidade ocidental, e depois porque é extremamente antiga (estima-se que tenha mais de 4.000 anos), e quando chegou no Ocidente na década de 70, grande parte da informação difundida foi distorcida e associada ao esoterismo. Não é de se estranhar que haja dúvidas e desconfianças sobre o tema, principalmente no meio arquitetônico.

    Para começar, Feng Shui (風水) é uma palavra chinesa e seus caracteres significam literalmente “vento” e “água”, pois nasceu através da observação desses elementos na natureza como sendo os principais condutores de energia no ambiente. O pensamento Taoísta, aonde o nasceu o Feng Shui, parte do princípio que existe essa espécie de energia vital imperceptível a olho nu denominada “chi”, que compõe todas as coisas, desde seres vivos até o ar que respiramos, e que se movimenta pelos espaços. O Chi possui um fluxo natural e opera de acordo com leis naturais que regem todos os fenômenos do universo. Para o Taoísmo, a integração harmônica do ser humano com essas leis naturais gera a realização, e no caso contrário, sofrimento.

    O Feng Shui não possui uma fórmula igual para todo mundo como costumamos ver nas revistas de decoração.

    Podemos dizer então, de forma simples, que Feng Shui é uma pratica de reorganização espacial que tem como objetivo identificar, compreender e melhorar o fluxo e a qualidade energética dos ambientes, gerando espaços mais benéficos aos seus ocupantes, já que estes trocam energia constantemente com tudo o que está ao seu redor. O Feng Shui pode ser comparado com a acupuntura, mas ele atua nos espaços ao invés do corpo humano.

    Se você ainda tem alguma dúvida sobre aplicar o Feng Shui no seu projeto de arquitetura, então veja abaixo 7 motivos definitivos para começar!

    Cada espaço possui as suas particularidades e interage de forma diferente com cada habitante, assim, o Feng Shui não possui uma fórmula igual para todo mundo como costumamos ver nas revistas de decoração. É importante ressaltar a importância de procurar um profissional sério e habilitado para fazer a consultoria, pois como se trata de uma prática muito antiga, é necessário compreender a fundo as bases e fundamentos da técnica para saber adapta-los aos contextos atuais, evitando “achismos” e a banalização da técnica.

    Na arquitetura, o Feng Shui pode ser uma ferramenta auxiliar de projeto para criar ambientes mais benéficos e saudáveis aos usuários. Assim como o mundo vem se conscientizando da importância da preservação da natureza, e a criação de projetos mais sustentáveis se torna cada vez mais obrigatória para arquitetos, a consciência de que tudo é feito de energia também cresce, assim como a necessidade de espaços mais harmônicos energeticamente para oferecer mais qualidade de vida às pessoas.