Desenho rápido – Fast Sketch – Landscape Design

Desenho rápido – Fast Sketch – Landscape Design

2641
0
COMPARTILHE
Desenho - Richard meier
Desenho - Richard meier

Desenho

O desenho sempre foi uma dificuldade para mim até mesmo antes de entrar na faculdade, porém com o passar do tempo e a necessidade, fazem com que o profissional de arquitetura tenha algumas habilidades extras para poder trabalhar a sua apresentação de projetos ao cliente, aonde que, naqueles momentos nós não fazemos uso do computador em mãos. Existirá momentos em que o desenho é a sua melhor opção, e não vale a pena desperdiçar a oportunidade por não saber desenhar. Então arquiteto, se mexe e vai aprender a desenhar bem o quanto antes!!!

Desenho - Richard meier
Desenho – Richard Meier

Algumas dicas abaixo:

Esqueça as regras. Alguém pode presumir que o desenho ou a pintura tem que ser feito de uma certa maneira. Iniciantes podem tentar desenhos muito pequenos e exatos e acharem muito difícil. Para um artista profissional isto pode ser qualquer coisa que conclua o trabalho, seja cópia, traçado, mão livre, o que for.

Vá para o resultado final. O patrono não compra a técnica, mas o produto acabado. Para um desenho rápido, de forma mais livre pode-se tentar o uso de papel muito grande, giz ou uma grande quantidade de lápis macios e desenhar usando todo o braço e até mesmo o corpo em movimentos arrebatadores e amplos. A ideia aqui é sentir o tema do desenho, a tentativa de capturar esse sentimento, como uma essência mais abrangente de linhas.

Considere a representação abstrata. Ninguém precisa replicar o tema exatamente. Todos são livres para fazer o que quiserem com ele e alterá-lo, embora o compreendam. Pode-se tentar duplicar a semelhança fotográfica, ou pode-se fazer uma interpretação pessoal, subtraindo ou acrescentando. Pode-se sombrear com grandes blocos de carvão vegetal utilizados em diferentes ângulos ou amplos rabiscos a lápis.

Experimente. É sempre bom experimentar e experimentar técnicas diferentes para ver o que se pode aprender. Pode-se também tentar não desenhar a partir de um tema externo, mas pela tentativa de trazer um tema para fora do subconsciente, como uma fantasia totalmente fabricada, como por vezes percepções auto-psicológicas, ou alguma combinação de ambas.

Tente captar todas as noções básicas do tema o mais rápido possível. Foque nas formas e geometrias básicas. Então, se você ainda não está entediado você pode começar a indicar sombras e formas. Mas o importante é conseguir o básico primeiro. Isso realmente não deve levar mais que alguns segundos. Em seguida, corrija os seus erros de julgamento até que esteja satisfeito.

Não se entregue à doença do artista. Eu estou falando sobre o momento em que a obra de arte está quase pronta, mas o artista fica meticuloso e continua a adicionar “toques finais” e acaba levando muito tempo para terminar.

Algumas dicas

  • Planeja jogar fora uma certa quantidade de desenhos seus. Obtenha algum papel barato e um grande pedaço de carvão e faça alguns esboços de 30 segundos usando um cronômetro. Mude depois de cada um para obter um ângulo diferente. Isto é feito mais facilmente em pé.
  • Pratique – se você fizer uma hora de desenhos de 30 segundos duas vezes por semana, você vai ver em breve uma melhora notável.
  • Tente pensar em desenho como um processo, ao invés de apenas um meio para um fim. Desfrute das sensações de produzir o trabalho, e experimente com diferentes meios de comunicação fora da sua zona de conforto.
  • Prática! Continue praticando. Além disso, se você sabe que vai precisar desenhar alguma coisa antes do tempo, pratique desenhando antes de você realmente precisar.

Fonte: WikiHow