Cidades Criativas: Inscrições abertas! PUC-RIO

Cidades Criativas: Inscrições abertas! PUC-RIO

736
0
COMPARTILHE
Seminário Cidades Criativas
Seminário Cidades Criativas

INSTITUTO GÊNESIS DA PUC-RIO ABRE INSCRIÇÕES PARA O SEMINÁRIO CIDADES CRIATIVAS

O Instituto Gênesis da PUC-Rio, através de seu Núcleo de Economia Criativa, está com inscrições abertas, até o dia 29 de março, para o Seminário Cidades Criativas. O curso tem o objetivo de oferecer um panorama de cidades como protagonistas de transformações e apresentar iniciativas, instituições e agentes locais que atuam na transformação da cidade, gerando oportunidade de negócios culturais envolvendo tecnologia, impacto social e inovação. Os interessados podem se inscrever pelo site www.cce.puc-rio.br.

Seminário Cidades Criativas
Seminário Cidades Criativas

Durantes os encontros, os palestrantes convidados apresentarão modelos e soluções ligadas à criatividade, conceitos de economia criativa e colaborativa e casos de empreendimentos que atuam na dinâmica de transformação de meios de produção, novas tecnologias, impacto social e ação no território, gerando oportunidade de negócios culturais. “Cidades Criativas apresenta um formato híbrido entre um seminário e um laboratório, com palestrantes e dinâmicas de integração entre os próprios alunos que permitam o debate e também o estímulo a novos empreendimentos criativos”, afirma Paula de Oliveira Camargo, uma das coordenadoras do evento.

O programa terá cinco encontros durante uma semana no Rio de Janeiro (incluindo um sábado), com aulas teóricas, visitas externas, estudos de caso e dinâmicas de integração entre os participantes.

Os palestrantes convidados apresentarão modelos e soluções ligadas à criatividade, conceitos de economia criativa e colaborativa, smart cities, city branding e gestão de museus e equipamentos culturais, empreendimentos ligados à intervenção em espaços públicos, patrimônio cultural, produção cultural, arquitetura, urbanismo, música, moda, design, gastronomia, turismo e outros temas.

Serão apresentados casos de novos negócios e dinâmicas econômicas locais, com ênfase em empreendedorismo. Os encontros apresentarão exemplos de ações de empreendedores privados e do Poder Público que são indutoras de transformações, reunindo agentes de mudança e novas formas de gestão do patrimônio cultural nas cidades. Entre os temas abordados, estão:

  • Territórios/distritos criativos;
  • Apresentação de cases;
  • Espaços de coworking, incubadoras e outros modelos;
  • Turismo de experiência como perspectiva de negócio;
  • Eventos como agentes de transformação territorial e novas economias;
  • Modelagem de negócios e financiamento: planejamento de negócios, crowdfunding, editais de fomento.

As aulas têm a coordenação de conteúdo de Aline Romeu Xavier, arquiteta e urbanista autora e co-autora de projetos urbanos, incluindo projetos premiados, no Rio de Janeiro, Niterói, Rio das Ostras e São Luís do Maranhão; e Paula de Oliveira Camargo, formada em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/UFRJ (2000), e mestre em História, Política e Bens Culturais pelo CPDOC/FGV; e coordenação executiva de Leo Feijó, jornalista, empreendedor cultural e pesquisador do Núcleo de Economia Criativa do Instituto Gênesis da PUC-Rio.

 

Seminário Cidades Criativas
Seminário Cidades Criativas

Sobre os coordenadores

Aline Romeu Xavier é arquiteta e urbanista formada pela FAU/UFRJ (1998) e mestre em Urbanismo pelo PROURB/FAU/UFRJ. Possui, também, especializações em políticas públicas na École Nationale d’Administration (Paris-França), Columbia University (NY-EUA) e COPPEAD-UFRJ; e pós graduação em Políticas Territoriais do Estado do Rio de Janeiro pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia – PPGEO/UERJ.

É autora e co-autora de projetos urbanos em cidades como Rio de Janeiro, Niterói, Rio das Ostras e São Luiz do Maranhão. Desde 2009 vem atuando em projetos de requalificação urbana com foco no viés cultural. Atualmente é Coordenadora de Projetos Especiais do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, desenvolvendo projetos de regeneração urbana de áreas históricas, incluindo intervenção urbana, políticas setoriais de design, e gestão das áreas declaradas Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Destacando projetos como: Lapa Legal, Criação dos Parques Culturais Urbanos, CRio – Fórum Mundial de Criatividade, Criação da Praça do Trem no cluster Olímpico do Engenho de Dentro, Edital de Ocupação Criativa, entre outros.

Paula de Oliveira Camargo é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000), tem mestrado em História, Política e Bens Culturais pelo CPDOC/FGV (2011), e especializações em políticas públicas na École Nationale d’Administration (Paris-França), Columbia University (NY-EUA) e COPPEAD-UFRJ.

Autora do livro As Cidades, a Cidade: Política e Arquitetura no Rio de Janeiro (Livraria e Edições Folha Seca, 2012). Desde 2009 trabalha como Gerente de Design na Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro / Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, incluindo a administração e programação das atividades do Centro Carioca de Design.

Leo Feijó é empreendedor cultural, pesquisador, jornalista e gerente de projetos. Criou o projeto Territórios Criativos do Rio e fundou o primeiro polo de cultura da cidade, em 2003, em Botafogo. Em 2013 e 2014 realizou os projetos Território Criativo Grande Méier e Festival Literário Lapalê (Lapa, Literatura, Entusiasmo). É pesquisador associado ao Instituto Gênesis da PUC-Rio e integra o Núcleo de Economia Criativa. É diretor do Prêmio Noite Rio e diretor do SindRio – Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes. É autor de “Rio cultura da noite”, livro publicado pela Casa da Palavra em 2014. Integrou delegações brasileiras em missões culturais ao exterior a convite do British Council e do Instituto Cultural da Dinamarca.

Seminário Cidades Criativas

Inscrições: até 29/03

Período das aulas: 05/04 até 09/04

Carga horária: 20h
Horários: terça, quarta e quinta, das 19h às 22h (Auditório Padre Anchieta, Campus Gávea); sexta-feira, de 15h às 19h (Visita externa, Centro); e sábado, das 11h às 18h (Tenda de Artes, Campus Gávea, incluindo brunch para os participantes).