Arq.Futuro 2014 – Lançamento de Livros

Arq.Futuro 2014 – Lançamento de Livros

484
0
COMPARTILHE

Quer participar do Sorteio destes 3 livros da BEI Editora?

Clique no botão abaixo "Quero Participar" e coloque os seus dados corretamente e pronto, rápido e fácil!

Quero Participar

Conheça abaixo os 3 Grandes Lançamentos da BEI EDITORA no Arq.Futuro 2014

BEĨ Editora e Instituto Moreira Salles apresentam “Água escondida”, de Caio Reisewitz, durante o Arq.Futuro 2014

???????????????????????????????

O fotógrafo, cujo trabalho foi recentemente incorporado à coleção do Instituto Moreira Salles, lança livro sobre a relação entre a água e a cidade no dia 23 de setembro, em São Paulo

De autoria de um dos mais relevantes nomes da fotografia contemporânea brasileira, o livro Água escondida apoia-se na força das imagens para investigar a relação das cidades com sua hidrografia. Lançamento da BEĨ Editora em parceria com o Instituto Moreira Salles, o volume reúne uma série inédita de fotomontagens e fotografias que registram galerias subterrâneas, barrancos, avenidas, córregos e represas; nas imagens, a água e a arquitetura, o mundo rural e o urbano, se confrontam, superpõem e confundem. Reisewitz está expondo atualmente no International Center of Photography (ICP) em Nova York e organiza em 2015 nova mostra na Maison Européenne de la Photographie, em Paris.

“O livro é um grande narrativa visual sobre a cidade e as águas, feita especialmente para o Arq.Futuro. Tendo como foco São Paulo e Belém, duas cidades que mantêm relações muito diferentes com seus rios, o Caio passou os últimos meses visitando lugares em que a água está presente –de chafarizes a nascentes, de represas a canais, dos grandes rios aos córregos. O material fotográfico foi então trabalhado em sequências e colagens. livro é um grande reflexão visual sobre a presença da água no ambiente urbano, dividido, à maneira de um romance, em três grandes capítulos: as sequências aéreas, as colagens e um final apocalítico”, resume Thyago Nogueira, curador do projeto e coordenador de Fotografia Contemporânea do Instituto Moreira Salles.

Água escondida será lançado no dia 23 de setembro, no Auditório Ibirapuera, durante o Arq.Futuro, fórum de discussão sobre o futuro das cidades. O livro nasceu do desejo de apresentar uma reflexão sobre a água, tema central da edição 2014 do evento, sob um viés artístico, complementar às palestras e debates promovidos pelo fórum. Caio também participa de um dos painéis do evento, “Cidade e Água: Espaço público, arquitetura e arte”, uma conversa entre o artista plástico e os arquitetos Gustavo Penna e Milton Braga.

Além da série fotográfica, Água escondida conta com ensaio inédito do escritor e antropólogo baiano Antonio Risério. Intitulado “A cidade e as águas”, o texto analisa a expansão urbana brasileira e sua relação com as águas,”.

“O que importa dizer é que o modelo predatório de desenvolvimento, produzindo desastres, nos fez reabrir os olhos para o doce mistério das águas. E agora elas nos levam a repensar o sentido e a forma da aventura urbana da humanidade.”

Trecho do ensaio “A cidade e as águas”, de Antonio Risério

Lançamento

Arq.Futuro 2014 | A Cidade e a Água
Auditório Ibirapuera – São Paulo
18h30: Conversa entre o artista plástico Caio Reisewitz e os arquitetos Gustavo Penna e Milton Braga seguida de noite de autógrafos

Ficha Técnica

Português / inglês • 1ª edição • 2014
144 pp. • 22,8 x 31,3cm
Preço: R$ 120
ISBN: 978-85-7850-126-6

BEĨ: uma editora que oferece mais

A palavra BEĨ – “um pouco mais”, em tupi – define o espírito das nossas publicações. Desde sua fundação, a BEĨ Editora se diferencia pela qualidade e originalidade de seus projetos.

Cada livro é visto como um projeto especial, concebido e desenvolvido em seu próprio ritmo, de acordo com suas características e peculiaridades. Todos os aspectos da produção – do projeto gráfico à escolha do papel e dos processos de impressão – reforçam essa atenção à singularidade de cada obra. Entre os últimos lançamentos da editora estão Aéreas do Brasil, de Cássio Vasconcellos, Crônicas cariocas, de Paulo Mariotti, e Dona Brazi, de Maria da Paz Trefaut.

www.bei.com.br
www.facebook.com/editorabei

Sobre o Arq. Futuro

Criado em 2011, o Arq. Futuro se consolida como ativa plataforma de debates em arquitetura e urbanismo, gerando conteúdo (impresso e digital) através da publicação de livros, bem como em seu site e blog, e através de seus eventos públicos. Desde sua fundação, vem atraindo para seus eventos nomes de peso da arquitetura mundial, entre eles, Shigeru Ban, Zaha Haddid, Jacques Herzog, Thom Mayne, Elizabeth Diller, Alejandro Aravena e Isay Weinfeld.

Nos dias 23 e 24 de setembro, o Arq. Futuro promove o fórum “A Cidade e a Água”, com arquitetos, urbanistas, gestores públicos, empresários e especialistas nacionais e internacionais, para discutir os desafios das cidades em tempo de escassez de recursos hídricos. Veja a programação completa em: www.arqfuturo.com.br

Informações para a imprensa:

BEĨ Editora

Ana Laura Malmaceda
[email protected] / (11) 3089-8893

Instituto Moreira Salles

Bárbara Giacomet de Aguiar
[email protected] / (11) 3371-4490

BEĨ apresenta Arquitetura Gustavo Penna Impressões, de Gustavo Penna

Lançamento no dia 23 de setembro, em São Paulo, durante o Arq.Futuro 2014

Arquitetura Gustavo Penna Impressões

Expoente da arquitetura projetada em Minas Gerais desde os anos 1980, a obra de Gustavo Penna é símbolo da construção contemporânea no Brasil. Arquitetura Gustavo Penna Impressões, lançamento da BEĨ editora, apresenta em panorama o resultado de 40 anos de criação arquitetônica de Gustavo Penna. O livro será lançado no dia 23 de setembro, durante o ciclo de palestras “Arq.Futuro | A Cidade e a Água”, no Auditório Ibirapuera, às 19h.

À frente do escritório de arquitetura GPA&A desde 1974, Gustavo Penna comandou projetos como a reforma do Mineirão-Mineirinho para a Copa do Mundo 2014; o planejamento urbano da região de Morros dos Veados, em Luanda (Angola); o Memorial da Imigração Japonesa do Brasil, em Minas Gerais; o Monumento à Liberdade de Imprensa, em Brasília; e a Escola Guignard, classificada pela revista Projeto como uma das 30 obras arquitetônicas de maior relevância no Brasil. Em julho, a GPA&A venceu a concorrência para o Centro Administrativo de Belo Horizonte, competindo com 80 projetos de todo o país.

Dividido em três cadernos temáticos, “Arquitetura Gustavo Penna Impressões” joga luz no processo criativo do arquiteto, passando pelas referências, projetos e resultado final. “A concepção do livro é inspirada na escada Ventura, uma obra conceitual, e sua estrutura é refletida em conteúdo e forma do livro”, afirma Beatriz Magalhães, coautora da obra, escrita em parceria com Gustavo Penna a partir de uma extensa entrevista com o arquiteto. A primeira parte do livro compila as referências estéticas e recordações afetivas de Penna, numa miscelânea de imagens intitulada “Fragmentos da Memória”; o segundo caderno diz respeito ao processo criativo do arquiteto, no qual descreve seus rumos, e, ao final, são apresentadas diversas obras do escritório. “Arquitetura Gustavo Penna Impressões” tem projeto gráfico inovador de Guili Seara, e edição limitada de luxo.

 

Lançamento

Arq.Futuro 2014 | A Cidade e a Água
Auditório Ibirapuera – São Paulo
Sessão de autógrafos e palestra no dia 23 de setembro, às 19h

Ficha Técnica

Autores: Gustavo Penna, Beatriz Magalhães, Guili Seara

1ª edição • bilingue: português/inglês • 2014

R$170

312 páginas • ilustrado • 24cmX34cm

ISBN: 978-85-7850-103-7

Sobre Gustavo Penna

Gustavo Penna formou-se em 1973 pela Universidade Federal de Minas Gerais, onde frequentou as aulas de mestres como Humberto Serpa, Rafael Hardy e Cuno Maurício Lussy, e lecionou por três décadas. Fundou em 1974 o escritório Gustavo Penna Arquitetos & Associados.

Os projetos da GPA&A lançam sobre as heranças barroca e modernista um olhar sensível às questões contemporâneas.  Muitos deles, como a Escola Guignard, considerada pela revista Projeto umas das 30 obras arquitetônicas de maior relevância no Brasil, foram vencedores em concursos de arquitetura, expostos no Brasil e no exterior e publicados em livros e revistas nacionais e estrangeiras. O escritório atua em projetos de médio e grande porte e desenvolve parcerias com escritórios nacionais e estrangeiros, entre eles, o americano Richard Meier & Partners Architects vencedor do Pritzker Prize, e o alemão Gerkan, Marg und Partner (GMP). Os projetos da GPA&A podem ser vistos também nos principais sites internacionais de arquitetura, como Urbarama e Contemporist.

BEĨ apresenta Financiamento da inovação urbana: novos modelos

arq.futuro2_fundo_brancoB

O livro, que discute os desafios financeiros das cidades, traz artigos de economistas e urbanistas. Lançamento no dia 23 de setembro, em São Paulo, durante o Arq.Futuro 2014

Mais da metade da população mundial vive hoje em áreas urbanas. Por isso, é urgente reinventar as cidades para torná-las mais eficientes e sustentáveis, ou seja, melhores e mais humanas. Considerando que elas desempenham um papel cada vez mais central no desenvolvimento dos países, a discussão sobre modelos de financiamento para orçamentos municipais é de importância nacional.

Resultado de uma mesa-redonda realizada pelo Arq.Futuro 2013, Financiamento da inovação urbana: novos modelos, lançado pela BEĨ Editora, é uma compilação de artigos que busca explorar mecanismos tradicionais e inovadores na área, questionando o papel dos vários atores desta equação: administradores, governantes e investidores. Além da transcrição das apresentações de Fernando Haddad (prefeito de São Paulo), Luciano Coutinho (BNDES), Fábio Barbosa (Abril), Antônio Ermírio Neto (Vox Capital), Philip Yang (Urbem) e Marcos Cruz (Secretaria Municipal de Finanças e Desenvolvimento Econômico de São Paulo), a obra complementa a discussão com artigos de especialistas das áreas jurídica, tributária, financeira e urbanística. São eles: Rafael Vanzella (FGV), Carlos Ari Sundfeld (FGV), Paula Santoro (FAU-USP), José Roberto Afonso (FGV), Maria Cavalcanti (First – Brazil Impact Investing Fund), Diana de Castro (Ascenda) e Carolina Bonzo (Universidade da Califórnia, Berkeley).

Sérgio Lazzarini, professor titular do Insper que mediou o debate e organiza o volume, aponta os principais tópicos da obra: “De forma geral, o debate e os artigos cobrem três questões intrinsecamente ligadas. Primeira: como aprimorar o ambiente regulatório que afeta projetos urbanos? Segunda: quais organizações, públicas ou privadas, poderiam ser envolvidas na sua execução? Terceira, e não menos importante: como financiar projetos de elevado impacto para a população?”.

A grande quantidade de informação gerada pelos encontros do Arq.Futuro compõe uma vasta base de conhecimentos, oferecida em vários formatos. Financiamento da inovação urbana: novos modelos é o segundo livro assinado pelo fórum, que em 2013 publicou São Paulo na encruzilhada: uma discussão sobre mobilidade e adensamento.

“As cidades nos aproximam e nos conectam. A confluência em grandes centros potencializa a troca de conhecimento e viabiliza grandes investimentos em estruturas compartilhadas de comércio, transporte, lazer e serviços públicos. Mas o sucesso das cidades traz seus paradoxos. Ao agregar mais e mais pessoas, elas também multiplicam os desafios para garantir uma provisão adequada de recursos e serviços. A virtude da aglomeração rapidamente se transforma em ônus quando o crescimento das cidades não é acompanhado por processos orquestrados de planejamento e constante adaptação.”

Trecho da apresentação de Sérgio G. Lazzarini

 

Lançamento

Arq.Futuro 2014 | A Cidade e a Água
Auditório Ibirapuera – São Paulo
23 de setembro, às 19h

Ficha Técnica

Organizador: Sérgio Lazzarini (Insper)

Artigos de Rafael Vanzella, Carlos Ari Sundfeld, Paula Santoro, José Roberto Afonso, Maria Cavalcanti, Diana de Castro e Carolina Bonzo.

edição • português • 2014
136 pp • 13,2 x 20,5cm
R$30
ISBN: 978-85-7850-127-3

BEĨ: uma editora que oferece mais

A palavra BEĨ – “um pouco mais”, em tupi – define o espírito das nossas publicações. Desde sua fundação, a BEĨ Editora se diferencia pela qualidade e originalidade de seus projetos.

Cada livro é visto como um projeto especial, concebido e desenvolvido em seu próprio ritmo, de acordo com suas características e peculiaridades. Todos os aspectos da produção – do projeto gráfico à escolha do papel e dos processos de impressão – reforçam essa atenção à singularidade de cada obra.

Últimos lançamentos incluem “Aéreas do Brasil”, de Cássio Vasconcellos; “Dona Brazi”, de Maria da Paz Trefaut, e “Desbravando a gestão de portfólios”, de David Swensen.

www.bei.com.br
www.facebook.com/editorabei

Sobre o Arq. Futuro

Criado em 2011, o Arq. Futuro se consolida como ativa plataforma de debates em arquitetura e urbanismo, gerando conteúdo (impresso e digital) através da publicação de livros, bem como em seu site e blog, e através de seus eventos públicos. Desde sua fundação, vem atraindo para seus eventos nomes de peso da arquitetura mundial, entre eles, Shigeru Ban, Zaha Haddid, Jacques Herzog, Thom Mayne, Elizabeth Diller, Alejandro Aravena e Isay Weinfeld.

Nos dias 23 e 24 de setembro, o Arq. Futuro promove o fórum “A Cidade e a Água”, com arquitetos, urbanistas, gestores públicos, empresários e especialistas nacionais e internacionais, para discutir os desafios das cidades em tempo de escassez de recursos hídricos. Veja a programação completa em: www.arqfuturo.com.br


Informações para a imprensa:

Ana Laura Malmaceda
[email protected] / (11) 3089-8893
www.bei.com.br
www.facebook.com/editorabei
www.twitter.com/beieditora